Edição digital
PUB

Prepare-se para a época do Black November

Antigamente, a maior oportunidade de vendas do ano era comprimida em cerca de duas semanas agitadas no final de dezembro. Hoje em dia, com a globalização de datas como a […]

Brand SHARE

Prepare-se para a época do Black November

Antigamente, a maior oportunidade de vendas do ano era comprimida em cerca de duas semanas agitadas no final de dezembro. Hoje em dia, com a globalização de datas como a […]

Brand SHARE
Sobre o autor
Brand SHARE
Artigos relacionados
Audiências: Consumo diário de televisão atinge valor mais baixo do ano
Media
Ikea celebra duas décadas em Portugal com campanha da Uzina (com vídeos)
Publicidade
Carlos Verduras nomeado novo diretor de marketing da Michelin Portugal e Espanha
Marketing
Acne assina campanha da CIN que promove as duas áreas responsáveis por 40% da faturação global da empresa (com vídeos)
Publicidade
Renascença antecipa Rock in Rio Lisboa com lançamento de rádio temática
Media
GCIMedia Group adere à APECOM
Comunicação
FCB Lisboa é a única portuguesa no top 25 das melhores agências em causas sociais
Publicidade
TV: Os programas que dominam as audiências, gravações e redes sociais em março
Media
Impresa reforça oferta digital da SIC e da Opto com dois novos canais
Media
O Escritório põe Anselmo Ralph a oferecer bilhetes para o Rock in Rio com a Galp (com vídeos)
Publicidade

Antigamente, a maior oportunidade de vendas do ano era comprimida em cerca de duas semanas agitadas no final de dezembro. Hoje em dia, com a globalização de datas como a Black Friday, a Cyber Monday e o Singles Day, os retalhistas  têm oportunidades excecionais para chegar aos clientes e impulsionar as vendas ao longo dos últimos três meses do ano.

O quarto trimestre tem sido acolhido pelos consumidores como um longo festival de compras online e em loja, com ofertas a serem encontradas ao virar da esquina. À medida que os clientes entram na fila, os comerciantes precisam de definir estratégias e criar comunicações sólidas e eficazes para tirar o máximo partido deste momento excecional.

Consumidores procuram descontos antecipados e estão mais conscientes com o dinheiro – A incerteza económica e a inflação estão a afetar o comportamento das pessoas em 2023.

Nos últimos anos, os consumidores passaram a dedicar mais tempo à pesquisa e começaram a fazer compras mais cedo, acreditando que esta é uma ótima forma de encontrar melhores ofertas e poupar dinheiro.

Em média, os consumidores começam a fazer pesquisas na Internet sobre a Black Friday no início de outubro e o número aumenta rapidamente em meados de novembro. O interesse diminui completamente logo após o evento.


No entanto, este comportamento de procura de descontos antecipados não significa, necessariamente, que os consumidores acabam  por gastar menos. De facto, um estudo da Deloitte concluiu que as pessoas que começam a fazer compras mais cedo deverão gastar mais 23 % do que as que começam no dia exato da promoção ou depois deste.

Conselhos para a sua marca:

  • Comece a planear as promoções mais cedo para captar clientes que procuram descontos antecipados, que vão fazendo pesquisas e que procuram as melhores ofertas.
  • Chegar a estes clientes numa fase inicial dá-lhe mais hipóteses de aumentar efetivamente as receitas, uma vez que estes podem acabar por comprar mais ao longo do tempo.

A Black Friday torna-se o Black November

Os melhores produtos podem conquistar os consumidores em qualquer altura, mas os maiores picos nas interações dos clientes com as marcas estão ligados aos grandes eventos de vendas no último trimestre do ano, quando os compradores estão à procura das grandes promoções.

A Black Friday continua a ser um dos maiores eventos de compras do ano nas Américas e em muitos países europeus. No entanto, a noção de um evento de compras num único dia está a desaparecer e a ser substituída pelo Black November, um mês inteiro de oportunidades de compras.

De facto, o valor de conversão comparativo aumentou 176 % de setembro a novembro de 2022.

Aumentos generalizados

No passado, as lojas e os consumidores do Ocidente preparavam-se para um grande evento, o Natal, com meses de antecedência. Atualmente, os consumidores mais experientes estão conscientes das diferentes formas de fazer boas compras durante o quarto trimestre. De facto, de 2020 a 2021, os eventos de vendas individuais do Q4 registaram um aumento de 3 % a 6 % no número de compradores nas lojas online. A Black Friday é o evento de que mais se fala, mas nos EUA é na  Cyber Monday – um evento vital para as marcas de produtos eletrónicos –  que vemos o maior pico de acessos, com 34 % dos compradores  da holiday season a visitarem as lojas online neste dia.


O que leva as pessoas às lojas no Black November?

O aumento das despesas dos clientes é impulsionado pelas ofertas de preços reduzidos. De acordo com o estudo da Adobe, os clientes podem esperar grandes descontos em diferentes categorias em 2022.

Porém, não são apenas os clientes existentes que verificam as ofertas. Há estudos que demonstraram que:

  • 4,5X mais utilizadores novos interagem com as marcas durante a época promocional do Black November
  • 3,7X mais utilizadores que não visitaram os sítios Web nos 30 dias anteriores ao lançamento da campanha fazem encomendas durante as promoções de novembro.

Conselhos para a sua marca:

  • Ofereça os seus descontos a um preço que iguale ou ultrapasse o dos outros concorrentes da sua categoria.
  • Utilize os eventos de vendas para cativar novos clientes e trazer de volta os utilizadores que já não o fazem, criando um efeito positivo na sua atividade muito para além do período promocional do quarto trimestre.

A Cyber Monday impera

Começou com a Black Friday e tornou-se o Black November, mas a grande surpresa foi a Cyber Monday. De facto, de acordo com as estatísticas publicadas pela eMarketer, as vendas da Cyber Monday de 2022 nos EUA ultrapassam as da Black Friday em quase 3 mil milhões de dólares.

A Cyber Monday regista um aumento de 181 % nas ações «adicionar ao carrinho» por parte dos compradores.

Além disso, o crescimento anual da Cyber Monday ultrapassa o de qualquer um dos outros dias de compras, os «Cyber 5».


Conselhos para a sua marca
:

  • Prepare-se para um ciclo de promoções que pode durar até dois meses, dependendo da sua área de negócio. Tire o máximo partido das datas e feriados locais e dos eventos especiais fora das promoções típicas do quarto trimestre.
  • Tenha em conta a forma como as expectativas e o comportamento dos clientes diferem em cada evento de compras específico. Os clientes procuram produtos diferentes na Black Friday, na Cyber Monday e no Natal e fazem compras de forma diferente.

 

Contacte a RTB House para planear e executar campanhas de retargeting incríveis, que impulsionem as suas vendas e lhe garantam o melhor retorno neste Black November  2023.

Artigos relacionados
Audiências: Consumo diário de televisão atinge valor mais baixo do ano
Media
Ikea celebra duas décadas em Portugal com campanha da Uzina (com vídeos)
Publicidade
Carlos Verduras nomeado novo diretor de marketing da Michelin Portugal e Espanha
Marketing
Acne assina campanha da CIN que promove as duas áreas responsáveis por 40% da faturação global da empresa (com vídeos)
Publicidade
Renascença antecipa Rock in Rio Lisboa com lançamento de rádio temática
Media
GCIMedia Group adere à APECOM
Comunicação
FCB Lisboa é a única portuguesa no top 25 das melhores agências em causas sociais
Publicidade
TV: Os programas que dominam as audiências, gravações e redes sociais em março
Media
Impresa reforça oferta digital da SIC e da Opto com dois novos canais
Media
O Escritório põe Anselmo Ralph a oferecer bilhetes para o Rock in Rio com a Galp (com vídeos)
Publicidade
PUB

Ferramenta gratuita reúne +250 oportunidades para aumentar as vendas das empresas em 2024

O acesso é simplificado através de um calendário que pode ser integrado ao Google, Mac e Outlook. A utilização de datas estratégicas nas campanhas de marketing pode impactar diretamente as […]

Brand SHARE

O acesso é simplificado através de um calendário que pode ser integrado ao Google, Mac e Outlook.

A utilização de datas estratégicas nas campanhas de marketing pode impactar diretamente as vendas, como revela o estudo do YouGov, que indicou que 58% dos compradores em todo o mundo intensificam as compras em épocas comemorativas.

Para auxiliar na identificação destas oportunidades ao longo do ano, a E-goi – plataforma de automação de marketing omnicanal – criou uma ferramenta gratuita, que complementa o planeamento das empresas. O calendário de marketing e redes sociais traz uma seleção de mais de 250 datas comemorativas e dias estratégicos, que podem ser integrados ao Google, Mac ou Outlook.

O recurso gratuito, disponível em português e espanhol, destaca as principais épocas comerciais do ano, como o dia do consumidor, Black Friday e Cyber Monday, por exemplo. Ao mesmo tempo, reúne oportunidades mais criativas, como o dia da toalha e o dia de Star Wars, para trabalhar conteúdos desde o e-mail marketing às redes sociais.

Além das datas e oportunidades para comunicar ao longo do ano, o calendário disponibilizado pela E-goi também compartilha uma seleção de eventos, webinars e ações, que oferecem uma experiência completa no planeamento estratégico das empresas.

De acordo com o Head de Marketing da E-goi, Marcelo Caruana, “a ferramenta não apenas simplifica a construção de um calendário editorial e de campanhas personalizados para diversos segmentos de negócio, mas também inspira a criatividade, se destacando como um verdadeiro aliado para impulsionar negócios”.

O Calendário de Marketing e Redes Sociais da E-goi já está disponível neste link: calendariomarketing.com.br

Sobre o autorBrand SHARE

Brand SHARE

Mais conteúdos

Conheça as Slots Temáticas da Lebull

Fonte: Lebull Na Lebull Portugal podemos contar com uma vertente de casino interessante, pois apesar de ter pouco tempo de atividade, já conta com mais de 70 opções, onde as […]

Brand SHARE

Fonte: Lebull

Na Lebull Portugal podemos contar com uma vertente de casino interessante, pois apesar de ter pouco tempo de atividade, já conta com mais de 70 opções, onde as slots temáticas são o seu ponto forte.

O casino apresenta uma boa organização, onde são exibidas as novidades e as mais populares. Quanto aos desenvolvedores de software, podemos contar com alguns dos mais conhecidos do setor, como a Pragmatic, NetEnt e Playson.

Mas quais serão, em concreto, as slots mais atrativas que a Lebull tem para nos oferecer?

As 5 Melhores Slots Temáticas da LeBull

Na Lebull, vamos encontrar slots com diversas temáticas. Temos, por exemplo, tópicos de mitologia, piratas, música e até séries ou filmes. 

Apresentamos agora, aquelas que para nós mais se destacaram.

  • Gordon Ramsay Hell’s Kitchen (NetEnt)

Esta slot sobre o programa televisivo do mítico cozinheiro promete bons momentos de diversão. Tem um visual atraente e até podemos contar a voz de Gordon Ramsay, que vai fazendo alguns comentários ao nosso desempenho.

  • Knight Rider (NetEnt)

Quando entramos nesta slot, somos brindados com a intro da série de Kitt e Michael Knight. Um pequeno pormenor, mas capaz de despertar nostalgia. Numa altura em que se fala cada vez mais em criar produtos que geram emoções, este é um belo exemplo.

  • Pirate Chest Hold and Win (Playson)


Nesta slot, como é claro pelo seu nome, o tema são os piratas. De destacar, a presença de 4 Jackpots, cujo valor aumenta ou diminui consoante o valor da nossa aposta.

  • Diamond Cascade (Pragmatic)

Uma slot cujo tema são os diamantes e outras pedras preciosas não poderia faltar. Tem um bom visual, um número de linhas de pagamento acima da média e é relativamente recente.

  • Jimi Hendrix (NetEnt)

O tema da música também não foi esquecido, Jimi Hendrix, um dos guitarristas mais influentes da história, tem uma slot dedicada na Lebull. Os símbolos da máquina lembram bem a época de paz e amor em que se vivia.

Notas Finais

A plataforma conta ainda com uma grande ajuda no que toca à sua afirmação. Figo é o embaixador da Lebull, e promete contribuir para o reconhecimento da marca em Portugal.

Neste momento, a plataforma ainda não tem jogos de mesa, mas sabemos que é uma novidade que está para breve. Isso vai atrair jogadores com outros gostos, algo muito importante para o crescimento do casino.

Outro detalhe que está próximo de ser implementado é um bónus de boas-vindas, por isso fique atento!

Sobre o autorBrand SHARE

Brand SHARE

Mais conteúdos

Publicidade a Casas de Apostas Ilegais É uma Realidade?

Fonte: Freepick É uma situação presente atualmente e os principais “veículos” são influencers e youtubers, que fazem a promoção através dos seus canais. As casas de apostas legais são obrigadas […]

Brand SHARE

papa

Fonte: Freepick

É uma situação presente atualmente e os principais “veículos” são influencers e youtubers, que fazem a promoção através dos seus canais. As casas de apostas legais são obrigadas a ter licença atribuída pelo SRIJ, órgão regulador das apostas e jogos de casino online.

As entidades têm de cumprir com as obrigações determinadas no Regime Jurídico dos Jogos e Apostas Online (RJO). Nomeadamente têm de adotar medidas de jogo responsável, proteger menores e grupos vulneráveis, garantir um jogo justo e transparente, entre outros.

No 3º trimestre de 2023, foram efetuadas mais 23 notificações para encerramento de operadores ilegais. Estes continuam a ser uma realidade, por isso, é de prever que estas ações por parte do SRIJ se venham a manter.

Os Influencers Continuam a Publicitar Casas De Apostas Ilegais

São casos recorrentes não só no nosso país, mas noutros cantos do mundo. Figuras mediáticas promovem casas de apostas ilegais em várias plataformas e acabam denunciadas.

Em 2019, vários youtubers nacionais, com milhares de seguidores, promoveram sites ilegais durante vários meses.

No total, desde 2015, ano de aprovação da lei do jogo online, o organismo removeu mais de 700 vídeos publicitários.

Atualmente, a presença deste tipo de publicidade é mais forte em redes sociais de influencers que, através de Instagram ou o TikTok que é cada vez mais popular, encorajam a prática do jogo ilegal. 

Jogar em sites ilegais resulta em sanção “pesada” para quem oferece os serviços e para quem usufrui deles. Na vertente online, há contra ordenação com coima de 2500€ a 25000€.

Os Perigos de Promover Casas de Apostas Ilegais

Este tipo de propaganda cria expectativas irreais. Grande parte das pessoas que promovem estas marcas, utilizam a promessa de dinheiro fácil, o que pode prejudicar seriamente a vida financeira (e pessoal) de quem cai nessa narrativa traiçoeira.

Estes são os principais perigos:

  • Atinge público jovem e vulnerável

Uma das grandes preocupações até do jogo legal é a proibição do jogo a menores de idade e esse é, precisamente, o público-alvo de muitos youtubers e influencers.

Além disso, a promoção de casas de apostas ilegais atrai, por outro lado, o público vulnerável. Isto inclui, por exemplo, jogadores em autoexclusão e outros com problemas de adição ao jogo.

  • Promove falta de segurança

Num site ilegal, tanto o dinheiro como os dados pessoais dos utilizadores não têm segurança de proteção, pois não há inspeção nem regulação por parte de uma entidade credenciada.

Não existem garantias em relação a qualquer tipo de suporte e os seguidores podem ser vítimas de fraude.

  • Leva a sérias sanções

Como já referido anteriormente, as sanções para quem promove, oferece ou joga em sites ilegais não são muito amigáveis.

Em solo português, a exploração do jogo de base territorial, leva ao risco de pena de prisão até 2 anos e multa até 200 dias e, do jogo online, vai até 5 anos ou multa até 500 dias.

Concluindo, para sua segurança, deve apostar em plataformas legalizadas e que cumpram as normas definidas pelas entidades reguladoras de forma a estar 100% protegido de qualquer tipo de fraude.

Sobre o autorBrand SHARE

Brand SHARE

Mais conteúdos

Legislação da Publicidade a Sites de Apostas Desportivas

                                             Fonte: Freepik Em 2015, os sites de apostas […]

Brand SHARE

                                             Fonte: Freepik

Em 2015, os sites de apostas desportivas passaram a necessitar de licença para operar em Portugal. E essa regulamentação trouxe também regras quanto à publicitação da atividade.

Essa legalização, fez com que passasse a ser normal vermos publicidade em diversos meios de comunicação social.

As regras ficaram ainda mais claras quando, em 2020, foi criado um manual de boas práticas no que toca à publicidade de jogos e apostas.

Apesar de nem sempre essas leis serem cumpridas, é um facto que o SRIJ e a Comissão de jogos têm tido um papel fundamental nessa área.

Como funciona a legislação da publicidade a sites de apostas

As casas de apostas que funcionam legalmente em Portugal, têm de obedecer a um conjunto de regras. O SRIJ fornece a essas entidades, várias orientações sobre o modo como a publicidade deve ser feita.

Apresentamos agora algumas das regras relativas à publicidade de sites de apostas.

  • Menores de idade

A publicidade com foco nos menores de idade, quer seja de forma implícita ou explícita, é proibida. 

E essa regra fica ainda mais vincada, com a obrigação de todos os anúncios ligados a apostas desportivas terem de mencionar que o mesmo se dirige a maiores de 18 anos.

A limitação relativamente ao horário para transmissão de publicidade a apostas na televisão pública não foi esquecida. Não pode ser feita entre as 7h e as 22:30h, nem 30 minutos antes ou depois de qualquer programa dirigido a crianças.

  • Jogo responsável

Todas as publicidades devem salientar os aspetos lúdicos, advertindo para os riscos da adição, de modo a incentivar o apostador a adotar uma atitude responsável. 

Por esse motivo, devem ser usadas expressões como “Seja responsável”, “Jogue com moderação”, ou semelhantes.

Os anunciantes devem ainda apoiar programas, que se dediquem a investigar os efeitos dessas publicidades nos grupos sociais mais vulneráveis, como forma de prevenção para os riscos associados.

  • Mensagens de encorajamento

Um anúncio não pode referir-se às apostas como forma de êxito social ou forma de ganhos fáceis. Da mesma forma, também não podem explorar crenças sociais sobre o jogo e a sorte ao jogo.

A marca de apostas desportivas responsável pelo anúncio deve estar claramente identificada e as mensagens publicitárias devem evitar frases que encorajem diretamente ao jogo. A expressão, “Aposte já!” é uma delas. 

  • Publicidade na Internet

Também os anúncios difundidos na Internet, estão sujeitos às mesmas regras.

Este meio é um grande aliado das marcas. Principalmente o YouTube, pois não tem poupado esforços, e até já impediu os bloqueadores de publicidade.

Estas regras, bem como outras que fazem parte do manual de boas práticas, são regularmente atualizadas. Dessa forma, as entidades conseguem eliminar ou corrigir certas lacunas que identificam numa legislação que se pode considerar recente.

Notas Finais

Uma das formas de publicidade que observamos com frequência, é o patrocínio que várias casas de apostas fazem no futebol mundial. 

E Portugal não é exceção, para além das equipas que apresentam publicidade nas camisolas, a própria primeira liga, tem como principal patrocinador, uma marca de apostas.

Sabemos que algumas regras são mais difíceis de aplicar. Por exemplo, é impossível assegurar que um menor ou um apostador autoexcluído não irão assistir a anúncios de apostas. 

Mas é um facto que a legislação tem dado passos muito importantes, com vista à melhoria e clarificação das regras.

Sobre o autorBrand SHARE

Brand SHARE

Mais conteúdos

Saiba como organizar um evento empresarial

(Gerado por IA) A organização de um evento empresarial é um projeto complexo que requer um planeamento cuidado e meticuloso, a par de uma compreensão clara dos objetivos que pretende […]

Brand SHARE

papa

(Gerado por IA)

A organização de um evento empresarial é um projeto complexo que requer um planeamento cuidado e meticuloso, a par de uma compreensão clara dos objetivos que pretende alcançar.

Independentemente de se tratar do lançamento de um novo produto, de uma atividade com vista ao fortalecimento do espírito de equipa entre os seus colaboradores ou de uma gala para agradecer a confiança dos seus clientes, um evento empresarial procura, em última instância, robustecer a marca e o moral da sua empresa, para além de ajudar na criação de relações profissionais, naturalmente.

Tendo tudo isto em mente, apresentamos-lhe infra um guia para planear um evento empresarial de sucesso, com recurso às perspetivas de peritos na organização de eventos.

1. Estabeleça o propósito do evento e defina objetivos

O primeiro passo a dar no planeamento do seu evento é estabelecer o respetivo propósito: vai lançar um novo produto, comemorar os sucessos alcançados ou fomentar a coesão da sua equipa?

Posteriormente, deverá definir objetivos que espera cumprir como, por exemplo, incrementar o reconhecimento da sua marca, levantar o moral dos seus colaboradores ou obter leads para vendas.

2. Orçamente e planeie as suas despesas

O orçamento alocado ao seu evento acabará por guiar uma boa parte das suas decisões, da escolha do local à campanha de marketing a implementar.

Comece desde logo por definir um orçamento capaz de cobrir todas as despesas em que antecipa incorrer, devendo deixar margem para alguma flexibilidade.

Seja minucioso no apuramento dos custos e aproveite quaisquer oportunidades de cortar nos gastos sem, contudo, comprometer a qualidade do evento.

3. Escolha o local adequado

A seleção do local em que o evento irá decorrer deverá enquadrar-se nos objetivos do mesmo e corresponder às expectativas do público.

Considere determinados fatores como acessibilidade, lotação e comodidades, já para não falar do ambiente em geral.

Lembre-se de efetuar a reserva com antecedência, de modo a garantir a sua data preferida e a negociar os melhores preços.

4. Elabore campanhas de marketing e divulgação

Uma campanha de marketing eficaz é fundamental para se certificar de que o seu público-alvo está ciente da existência do seu evento e quer, de facto, participar.

Utilize uma combinação de canais que incluam redes sociais, marketing via e-mail e outras formas de divulgação que considere convenientes.

Uma promoção consistente e criativa ajudá-lo-á a fazer com que o seu evento se destaque pelas melhores razões, atraindo, assim, ainda mais participantes.

5. Interaja com o público para melhorar a experiência

A experiência dos seus convidados deve estar na linha da frente do seu processo de planeamento – a partir do momento em que aqueles recebem o convite até ao acompanhamento pós-evento, todas as suas interações deverão refletir a qualidade e o profissionalismo da sua empresa.

Como tal, considere incorporar elementos “fora da caixa” que distingam o seu evento e mantenham os seus convidados entretidos.

6. Tire partido da tecnologia

Uma das principais vantagens de um planeamento de eventos moderno assenta na tecnologia; assim, utilize um programa de gestão de eventos e demais aplicações com vista a simplificar o processo, melhorar a interação com os participantes e obter atualizações em tempo real.

Tais ferramentas poderão ser utilizadas na concretização de procedimentos logísticos como chegada dos convidados, gestão do programa e recolha de opiniões.

A importância do pós-evento

Acompanhar os seus convidados mesmo depois de decorrido o evento é igualmente basilar, uma vez que o ajuda a medir o nível de sucesso do evento, a recolher opiniões para melhorias futuras e a manter o impacto das suas campanhas de marketing.

Certifique-se de que tem um plano para distribuir quaisquer materiais que tenha prometido, responder a questões que ficaram por resolver e agradecer aos convidados a sua participação.

O papel dos brindes personalizados

Eleve o seu evento empresarial ao próximo nível com brindes promocionais ensacados a partir do catálogo de sacos personalizados da Gift Campaign.

Um saco personalizado é muito mais do que uma prática lembrança do seu evento – é também um reforço da presença da sua marca na vida quotidiana dos seus clientes e colaboradores.

Os brindes, cuidadosamente pensados e elaborados, deixam uma marca indelével nos participantes, servindo, simultaneamente, de agradecimento pela sua presença.

Para concluir

O planeamento de um evento empresarial constitui um empreendimento complexo, embora compensador; a definição de objetivos claros, uma orçamentação cuidada, a escolha do local adequado e a experiência vivida pelos participantes são aspetos que lhe permitirão criar um evento que concomitantemente vá ao encontro das suas metas profissionais e deixe uma ótima impressão junto dos seus convidados.

Para tal, pondere recorrer aos serviços de uma empresa organizadora de eventos profissionais como a MTP Eventos, que conta já com 23 anos de experiência.

Lembre-se de que a chave para um evento de sucesso está nos detalhes; por isso, leve todo o tempo de que precisar para planear o mesmo e utilize todos os recursos disponíveis (incluindo os tecnológicos) para simplificar o processo.

Sobre o autorBrand SHARE

Brand SHARE

Mais conteúdos

Impacto GenAI: alterações no Tráfego Online direcionam as empresas para o E-mail Marketing

Estudo de tendências realizado pela Gartner aponta mudanças no comportamento dos consumidores e necessidade de adaptação por parte das empresas Até 2028, as marcas devem estar preparadas para uma redução […]

Brand SHARE

Estudo de tendências realizado pela Gartner aponta mudanças no comportamento dos consumidores e necessidade de adaptação por parte das empresas

Até 2028, as marcas devem estar preparadas para uma redução de, pelo menos, 50% no tráfego orgânico dos seus sites, à medida que os consumidores adotam a pesquisa baseada em Generative Artificial Intelligence (GenAI). Esta é uma das principais conclusões apontadas pela Gartner no seu estudo “The Future of Marketing: 5 Trends and Predictions for 2024 and Beyond”, publicado este ano.

Segundo o relatório, a rápida expansão da Inteligência Artificial baseada em GenAI nos motores de busca, terá um impacto significativo, ao transformar a forma como os consumidores obtêm informação. Este fenómeno ameaça interromper a geração de receitas e leads através dos canais de pesquisa orgânica, o que desafia as marcas a adaptarem as estratégias. De acordo com o estudo da Gartner, para reduzir este impacto as empresas devem concentrar-se em palavras-chave focadas na conversão, além de intensificar a aposta em canais tradicionais, como o e-mail marketing.

“Enquanto a GenAI muda o jogo, o e-mail marketing permanece como um canal direto para construir conexões autênticas com o nosso público, ao superar as flutuações temporais de outros canais. Esta ferramenta flexível é capaz de enviar mensagens altamente segmentadas, adaptadas às necessidades individuais dos destinatários, com engagement duradouro”, explica Marcelo Caruana, Head de Marketing da E-goi – plataforma de automação de marketing omnicanal.

Apesar de ser um canal tradicional, o e-mail marketing tem se adaptado às inovações, ao intensificar ainda mais a personalização na experiência para o público, principalmente aliado à própria Inteligência Artificial. “Alguns exemplos da utilização da IA no e-mail marketing são: para personalizar o assunto dos e-mails e aumentar a taxa de abertura; para enviar o e-mail automaticamente no dia e horário da semana com maior probabilidade de ser aberto pelo cliente; e para personalizar o conteúdo e os produtos indicados no e-mail de acordo com os últimos interesses e comportamentos de cada cliente, aumento a taxa de conversão. Todas essas soluções estão disponíveis na plataforma E-goi”, conclui Marcelo Caruana.

 

Sobre o autorBrand SHARE

Brand SHARE

Mais conteúdos

A Importância de um Bom Nome de Domínio – Valorizando a sua Presença Online

Na era digital em que vivemos, a presença online é fundamental para indivíduos e empresas. Ter um site é uma maneira eficaz de se comunicar com o mundo, expandir negócios […]

Brand SHARE

Na era digital em que vivemos, a presença online é fundamental para indivíduos e empresas. Ter um site é uma maneira eficaz de se comunicar com o mundo, expandir negócios e construir uma identidade única na web. Um elemento crucial nesse processo é a escolha de um bom nome de domínio, que atua como a porta de entrada para sua presença online. Neste artigo, exploraremos a importância de um nome de domínio eficaz e discutiremos a viabilidade dos domínios gratuitos.

1 – A Primeira Impressão Digital: O Seu Nome de Domínio

O nome de domínio é muitas vezes o primeiro contato que um usuário tem com o seu site. Ele funciona como uma identidade digital, refletindo a natureza e o propósito da presença online. Um bom nome de domínio é fácil de lembrar, relaciona-se ao conteúdo ou atividade do site e cria uma impressão duradoura. É uma extensão da marca ou do indivíduo, contribuindo significativamente para a construção de uma reputação online positiva.

2 – Facilitando a Navegação e Visibilidade Online

Um nome de domínio claro e descritivo, facilita a navegação dos usuários pela web. Um nome relevante ao conteúdo do site aumenta a probabilidade de ser encontrado por mecanismos de busca, contribuindo para a otimização de motores de busca (SEO). Isso não apenas melhora a visibilidade online, mas também direciona o tráfego qualificado para o site.

3 – Credibilidade e Profissionalismo

Um domínio bem escolhido adiciona credibilidade à sua presença online. Nomes de domínio gratuitos, muitas vezes associados a serviços de hospedagem ou plataformas de criação de sites, podem transmitir uma imagem menos profissional. Investir em um domínio personalizado transmite confiança aos visitantes, indicando um compromisso sério com a presença online e uma abordagem profissional.

4 – Domínios Gratuitos Quais as Vantagens e Desvantagens

Ter um Domínio Web Grátis pode ter algumas vantagens, muitas pessoas começam os seus projetos online, e ao fim de pouco tempo por variadíssimas razões, abandonam esses mesmo projetos. Há muitas pessoas que começam projetos online sem ter um plano bem definido, e não sabem muito bem para onde querem direcionar esses mesmos projetos.

Ter um domínio gratuito para essas pessoas pode ser o ideal, se o projeto não der certo, podem abandonar sem pagar o domínio. Há também pessoas ou pequenas empresas, que criam projetos online sem querer ter muitos custos, começam por domínios gratuitos, e posteriormente o projeto vai ganhando visibilidade e passam para domínios pagos.

Enquanto os domínios gratuitos podem ser uma opção tentadora, eles apresentam várias limitações. Em muitos casos, esses domínios incluem o nome da plataforma de hospedagem, tornando-os longos e difíceis de lembrar. Além disso, podem transmitir uma imagem menos profissional e ser menos confiáveis, já que estão sujeitos às políticas e práticas da plataforma de hospedagem.

5 – Investir no Futuro: Escolhendo o Nome de Domínio Ideal

Ao escolher um nome de domínio, é aconselhável investir tempo e esforço para encontrar a combinação perfeita. Considere a relevância, a memorabilidade e a simplicidade. Evite caracteres complicados, palavras difíceis de soletrar e siga a extensão de domínio apropriada para o contexto do seu site (.com, .pt, .net, .org, entre outros).

Em resumo, a escolha de um bom nome de domínio é uma decisão estratégica que pode moldar a forma como o seu site é percebido online. Enquanto os domínios gratuitos podem ser uma opção inicial para alguns, investir em um domínio personalizado demonstra compromisso, credibilidade e profissionalismo. Lembre-se de que, na vastidão da internet, um nome de domínio forte é a âncora que solidifica sua presença digital.

Sobre o autorBrand SHARE

Brand SHARE

Mais conteúdos

Entre a Fórmula 1 e o MotoGP

Os aficionados por motores, automóveis, corridas e velocidade não dispensam um treino livre de Fórmula 1 ou um circuito de MotoGP. Ainda que as surpresas, muitas vezes, não sejam tão […]

Brand SHARE

Os aficionados por motores, automóveis, corridas e velocidade não dispensam um treino livre de Fórmula 1 ou um circuito de MotoGP. Ainda que as surpresas, muitas vezes, não sejam tão surpreendentes quanto ao início de temporada de julgava.

Aquilo que é, de facto, surpreendente, é a quantidade de peças e acessórios para veículos, disponíveis no mercado e que, não raras vezes, nos evitariam uma passagem pela oficina.

Não podemos ser todos mecânicos, nem ter uma veia de engenharia ou uma costela de eletricista, mas existem imensas pequenas manutenções e limpezas, que qualquer um de nós pode encetar, sem ter que tirar um curso.

O que não pode faltar

Existem alguns acessórios e peças que deveríamos sempre ter, quer já colocados no carro, quer guardados em casa, consoante a situação. Vamos por partes. Comecemos pelos itens que deve considerar ter no seu carro, se ainda não for o caso:

  • Tapete de bagageira: é dos produtos que fazem tanto sentido, que não percebemos porque não vem de origem. Só vai dar pela sua importância depois de ter um. Mantém a bagageira do automóvel mais protegida e é de uma limpeza rápida e eficaz. Quem já perdeu imenso tempo a aspirar os recantos da bagageira, sabe bem o que está em causa. Um tapete para bagageira resolve o problema – basta tirar, sacudir e voltar a colocar.
  • Extensor de viseira solar: que desperdício, pensarão alguns. Uns óculos de sol e resolve-se a questão. Não. Um extensor de viseira solar permite que o condutor não seja ofuscado pela luz, mas também protege contra os raios solares. Portanto, é um dois em um. Sabem aquelas horas em que o sol se levanta ou se põe e está no nosso raio de visão? Quando o condutor fica sem ver um palmo à frente do nariz. Damos o assunto por terminado com um extensor de viseira solar.
  • Almofada de assento aquecida: Nem vou alongar-me demais a justificar o quanto este acessório é importante. Com a chegada do inverno e dos dias frios, quem tiver um assento aquecido vai dar-lhe tanto valor.
  • Cabos de bateria: Outro “must have”. «Ah, e tal, chama-se o reboque!». Verdade. Mas se o problema for só a bateria, quanto poupa em tempo e diligências, quando tem uns cabos de bateria no porta-bagagens? Quem nunca, que se acuse.
  • Correntes de neve: Não é apenas válido para quem mora na serra ou enfrenta invernos hostis. Infelizmente, as alterações climáticas são uma realidade e não tarda neva tanto no litoral, como no interior. A solução é, neste caso, simples: umas correntes de neve. Já quanto às alterações climáticas, nem tanto assim.

Rumo a profissionalização

Passemos agora aos produtos e acessórios que fazem dos proprietários uns verdadeiros profissionais de manutenção auto. Pelo menos, no que toca a equipamento. Na lista dos produtos e acessórios para veículos, que pode considerar ter em casa, sublinhamos:

  • Carregador de baterias: ótimo para ter por casa e evitar chamar o mecânico sempre que o carro resolve não pegar. Se for um problema de bateria, resolve em dois tempos e está pronto para mais um dia.
  • Bomba de pé: muito útil, não só para controlar a pressão de ar nos pneus e encher, se necessário. Mas a sua utilidade estende-se aos colchões de praia, às bolas insufláveis e outros tantos produtos de ar. Pense no quanto penou para encher o barco insuflável. Ponto final no desperdício pulmonar. 

Depois, existem outros mil acessórios a que só damos valor quando não temos. Uns calços para rodas, uns estabilizadores, um kit de purga ou uma rampa de carro. Quando se dá conta já está a comprar um estrado de mecânico e a inspecionar o veículo, com um verdadeiro profissional.

Os imprescindíveis na vidaXL

Na vidaXL vai encontrar uma extensa variedade de mobiliário, decoração de casa, equipamentos de exercício físico, peças auto e outras categorias de produtos, que são sempre de alta qualidade a preços muito baixos. Com foco na satisfação do cliente, a vidaXL oferece um excelente atendimento ao cliente, contribuindo para uma irrepreensível reputação entre os consumidores.

Fundada em 2006, a vidaXL conta hoje com mais de 1 milhão de clientes satisfeitos, numa expansão calculada que resulta em mais de 1,5 milhão de produtos disponibilizados.

Qualidade dos produtos, preços acessíveis, entregas rápidas e serviço de atendimento ao cliente profissional são alguns dos pilares base da vidaXL, que lhe permitem garantir um serviço de excelência na experiência de compra.

A vidaXL é o lugar ideal para comprar produtos de alta qualidade a preços baixos. Seja qual for o objeto que procura, dos móveis e decoração de casa, das ferramentas de jardim aos acessórios para atividades ao ar livre, na vidaXL irá encontrar várias opções.

 

Sobre o autorBrand SHARE

Brand SHARE

Mais conteúdos

Inteligência Artificial, Gestão de Dados e Customer Experience estão no topo das tendências de marketing para 2024

Evolução contínua do marketing e da AI está a remodelar a forma como as empresas se conectam e envolvem os seus públicos Com a aproximação de 2024, as empresas estão […]

Brand SHARE

Evolução contínua do marketing e da AI está a remodelar a forma como as empresas se conectam e envolvem os seus públicos

Com a aproximação de 2024, as empresas estão a alinhar as estratégias às tendências emergentes no dinâmico cenário do marketing digital. Os principais especialistas do tema apontam que as transformações tecnológicas, associadas à gestão de dados dos clientes e à Inteligência Artificial, serão peças-chave na definição do sucesso organizacional em 2024, aprimorando a experiência do consumidor.

“Estamos a testemunhar uma transformação notável no cenário do marketing. A eficiência da automação, a Inteligência Artificial e a inovação constante são imperativos para as empresas que desejam prosperar. As tendências de marketing para 2024 promovem uma abordagem mais centrada no cliente, sustentável e tecnologicamente avançada”, explica Marcelo Caruana, Head de Marketing da E-goi Digital Solutions.

Inteligência Artificial para Hipersegmentação

O consumidor atual procura experiências feitas à medida. Com a vasta quantidade de dados disponíveis a partir dos diversos pontos de contacto, as marcas podem aproveitar a informação recolhida para análises mais sofisticadas. O resultado esperado são estratégias de marketing hipersegmentadas por Inteligência Artificial, com conteúdos e recomendações de produtos personalizados para cada consumidor.

“A capacidade de antecipar as necessidades do cliente e entregar mensagens personalizadas será um diferencial competitivo significativo. À medida que as tecnologias de aprendizagem automática evoluem, a personalização torna-se mais assertiva, o que faz com que  as estratégias de marketing de massas sejam cada vez mais obsoletas”, destaca Caruana.

Phygital Experience

Segundo dados da multinacional EY, 36% das empresas estão a investir na digitalização da jornada do cliente. Contudo, apesar do foco nos canais digitais, o estudo realizado pelo Euromonitor International identificou que 78% de todas as compras realizadas no mundo serão feitas em lojas físicas até 2024. Com o avanço da realidade aumentada (AR) e virtual (VR), os e-commerces irão explorar experiências de compra mais imersivas, enquanto o setor do retalho irá remodelar a interação com os consumidores, integrando a publicidade na experiência de compra nativa do cliente.

“O Phygital Experience será uma tendência destacada, integrando perfeitamente o ambiente físico e digital. As marcas poderão criar experiências de compra envolventes e personalizadas, ultrapassando as barreiras entre o online e o offline”, observa o Head de Marketing da E-goi Digital Solutions.

Responsabilidade social e sustentabilidade

Com consumidores cada vez mais críticos, a crescente consciencialização ambiental e social irá impactar  nas decisões de compra. As empresas serão desafiadas a incorporar práticas sustentáveis e comunicar de forma transparente os seus esforços. “As estratégias de marketing devem refletir valores éticos, promover uma conexão mais profunda com os consumidores, muito além de uma simples abordagem comercial”, ressalta Caruana.

Vídeos e conteúdos de curta duração

O vídeo marketing, especialmente em plataformas de curta duração como TikTok e YouTube Shorts, domina as estratégias de marketing.  A envolvência natural alinha-se perfeitamente com as expectativas dos consumidores modernos, com marcas a utilizar vídeos não apenas para publicidade, mas também para storytelling e lançamento de produtos.

“As tendências traçam um panorama emocionante para o setor do marketing digital em 2024, ao promover uma abordagem centrada no cliente e tecnologicamente avançada. A procura por soluções mais eficientes e sustentáveis será uma tendência crescente, não só para 2024, como também para os anos seguintes”, conclui Marcelo Caruana, Head de Marketing da E-goi Digital Solutions.

Sobre o autorBrand SHARE

Brand SHARE

Mais conteúdos

Fortalecendo a Cooperação Cultural entre Angola e Portugal

As relações entre Angola e Portugal transcendem meros laços diplomáticos, enraizando-se numa história rica e complexa. Esta interação secular não só moldou a herança cultural de ambos os países, mas […]

Brand SHARE

As relações entre Angola e Portugal transcendem meros laços diplomáticos, enraizando-se numa história rica e complexa. Esta interação secular não só moldou a herança cultural de ambos os países, mas também resultou na formação de comunidades significativas de angolanos em Portugal e portugueses em Angola. Esta simbiose cultural é um testemunho da profundidade e riqueza das relações luso-angolanas.

Contexto Atual

Recentemente, Angola e Portugal fortaleceram suas relações com a assinatura de 13 acordos de cooperação bilateral. Estes acordos, presididos pelo Primeiro-Ministro português, António Costa, e pelo Presidente de Angola, João Lourenço, cobrem principalmente domínios económicos e financeiros, mas também possuem um foco significativo na cooperação cultural, técnico-científica e académica. O destaque inclui o Programa Estratégico de Cooperação 2023/2027 e o aumento da linha de crédito empresarial para dois mil milhões de euros. Estes avanços refletem não apenas a boa execução dos programas anteriores, mas também a diversificação para novas áreas de cooperação.

O Presidente Lourenço destacou a importância de tornar as relações entre os dois países ainda mais robustas, salientando a vastidão do potencial ainda por explorar em diversos setores. Enquanto António Costa enfatizou o compromisso de Portugal em contribuir para a diversificação da economia angolana, o Presidente Lourenço também expressou o desejo de ver um maior investimento privado direto dos empresários portugueses em Angola, abrangendo setores como agro-negócio, pescas, hotelaria, turismo, comércio, construção civil, indústria de confeções e curtume, entre outros. Estes acordos e declarações refletem um compromisso mútuo para uma cooperação mais ampla e profunda entre Angola e Portugal.

Importância da Cooperação Cultural

A importância da cooperação cultural entre Angola e Portugal, segundo o Presidente Angolano João Manuel Gonçalves Lourenço, reside em sua capacidade de fortalecer as relações já estabelecidas e explorar novos potenciais. O Presidente Lourenço ressalta a necessidade de ações futuras serem mais robustas, abrangendo não apenas a cooperação económica, mas também o intercâmbio científico e cultural. Ele reconhece que os investidores privados portugueses têm vantagens únicas, como a língua comum e um profundo conhecimento da cultura angolana, que podem ser utilizadas para intensificar a cooperação cultural. Lourenço enfatiza ainda que é fundamental incrementar o intercâmbio cultural, técnico-científico e académico entre as instituições públicas e privadas dos dois países. Este reforço na cooperação cultural é visto como essencial para aprofundar a compreensão mútua e explorar o vasto potencial de cooperação ainda não totalmente aproveitado

Papel da CPLP

A Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP) desempenha um papel fundamental na cooperação entre Angola e Portugal. Esta comunidade representa um fórum de concertação política, proporcionando uma plataforma para que ambos os países contribuam em diversos domínios da diplomacia mundial. A CPLP facilita a cooperação cultural, uma vez que Angola e Portugal compartilham uma matriz cultural, jurídica e institucional comum, além de competências técnicas específicas cruciais para o desenvolvimento. A partilha da língua portuguesa simplifica e fortalece a intervenção da Cooperação Portuguesa em Angola.

Esta cooperação institucional tem evoluído dinamicamente ao longo dos anos, tanto no contexto bilateral, por meio dos Programas Estratégicos de Cooperação, quanto no multilateral, em colaboração com outros parceiros de cooperação, incluindo os programas da União Europeia e agências especializadas do sistema da ONU. Esta relação multifacetada entre Angola e Portugal dentro da CPLP cria oportunidades para aprofundar a cooperação em várias áreas, incluindo a cultural, fortalecendo assim as relações e o entendimento mútuo entre os dois países.

Conclusão

A recente intensificação das relações entre Angola e Portugal, marcada pela assinatura de 13 acordos de cooperação, simboliza uma nova era de colaboração multifacetada. Estes acordos, que abrangem desde a economia até a cultura e a ciência, destacam um compromisso bilateral para um desenvolvimento integrado e mutuamente benéfico. O papel da CPLP na facilitação desta cooperação ressalta a importância da partilha cultural e linguística. Esta parceria estratégica não apenas fortalece os laços históricos entre os dois países, mas também abre caminho para novas oportunidades de crescimento e compreensão mútua, demonstrando o potencial da colaboração internacional baseada no respeito e na cooperação diversificada.

Sobre o autorBrand SHARE

Brand SHARE

Mais conteúdos
PUB
PUB
PUB
PUB
PUB
PUB
PUB
PUB

Navegue

Sobre nós

Grupo Workmedia

Mantenha-se informado

©2024 Meios & Publicidade. Todos os direitos reservados.